Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

agalma

talvez a emoção que menos estimule o poeta seja a alegria, tão breve e rara de sentir

talvez a emoção que menos estimule o poeta seja a alegria, tão breve e rara de sentir

a beleza americana

a beleza americana.jpg

pintura a óleo, Rui Couto

 

Vivemos num ambiente atraente onde se vende a ideia de que é possível obter o que quer que seja desde que tenhamos objectivos e determinação suficientes.

Parece fácil e sem nódoas viver numa sociedade assim, só que o caminho é muito difícil de fazer para quem quer viver com dignidade. A receita do sucesso fácil e garantido é o servilismo, a anuência permanente, o dizer que sim quando se pensa que não, o andar de cócoras na vida, sem respeito pelos valores que honram a nossa condição humana e que são determinantes niveladores da qualidade de qualquer civilização.

Mas não há só uma estrada. Se não nos preocuparmos em demasia com o dinheiro - para além do que é necessário para garantir os nossos níveis de sobrevivência física e cultural -podemos seguir pelas veredas. Fazemos o mesmo caminho mas demoramo-nos mais no percurso, e, vamos tendo tempo para absorver a delicadeza das pequenas coisas.

Sabemos que a beleza se impõe por si própria, por seu mérito, porque é bom olhar para pessoas bonitas, quadros bem conseguidos, ouvir músicas celestiais, saborear paisagens que nos sintonizam com a natureza ou, que pela sua exuberância, nos acendem curiosidades, mas para além do óbvio, comove-me a beleza que adivinho ou sonho.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D