Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

agalma

talvez a emoção que menos estimule o poeta seja a alegria, tão breve e rara de sentir

talvez a emoção que menos estimule o poeta seja a alegria, tão breve e rara de sentir

é uma alegria recordar o dia 25 de Abril de 1974

DSCF2398.JPG

porque não esqueço a esperança em todas as caras. Nas que tinham informação política e nas que não tinham.

Das caras ingénuas às caras marcadas pelo trabalho e pela idade, do entusiasmo dos intelectuais, dos políticos, dos artistas. De toda a gente.

Íamos ter um país melhor, com uma vida mais digna para todos. E melhorámos muito. Houve alturas em que parecia que o mundo seguia o caminho do paraíso, cada vez mais abrangente e justo.

Depois veio a tão famosa crise e destapou as prioridades, dando o primeiro lugar ao mundo financeiro - com tantas trapalhadas - em detrimento do direito ao trabalho e dos benefícios sociais que levaram tantos anos a conquistar. Andámos para trás. Mas não vamos desistir porque temos a memória, a persistência, os sonhos e os símbolos.

Lembrando muita gente que lutou pela liberdade e pela cultura. Lembrando Zeca Afonso.

1 comentário

Comentar post

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D